Varvara Subbotina é mais uma pessoa famosa que admitiu passar horas agarrada ao celular sem desconectar do Instagram
A bela nadadora russa que entrou em crise por causa do vício em rede social

Se no seu ciclo de relacionamento existem pessoas que estão sempre querendo postar fotos no Instagram, você deve imaginar do que se trata essa dependência. Caso você não conheça ninguém encegueirado em rede social, saiba que são pessoas que não conseguem passar sequer uma hora longe do smartphone sem dar uma espiada no que outros estão publicando, curtindo e comentando.

Um caso que teve grande repercussão foi o da cantora e atriz Selena Gomez, que em 2016 precisou se internar para fazer uma terapia contra a dependência do Instagram. A americana revelou meses mais tarde, em uma entrevista à revista Vogue, que precisou cancelar uma turnê mundial por estar deprimida e ansiosa. A situação chegou a tal ponto que "minha autoestima estava destruída", confessou a personalidade.

Na época, a pop-star tinha apenas 24 anos e se tornou a celebridade com o maior número de seguidores em rede social. O Instagram dela ultrapassou a 113 milhões de pessoas conectadas em tudo o que Selena mostrava. A jovem acabou ficando "transtornada" com sua "obsessão por redes sociais".

"Assim que me tornei a pessoa mais seguida no Instagram, eu meio que pirei. Aquilo passou a me consumir muito. Acordava com aquilo e ia dormir com aquilo. Eu era viciada", contou ela à Vogue.

Em agosto daquele ano, a famosa do canal Disney Channel cancelou inesperadamente sua turnê mundial "Revival". Ela alegou que precisava de tempo livre para lidar com ataques de pânico e depressão.

"Minha autoestima estava destruída. Estava deprimida, ansiosa. Comecei a ter ataques de pânico logo antes de subir no palco ou logo depois de sair do palco. Basicamente, eu sentia que não era boa o suficiente, não era capaz. Sentia que não estava dando nada aos meus fãs, e que eles percebiam. O que, acho, era uma distorção completa", disse.

Selena Gomez ficou três meses sem usar redes sociais durante uma internação. A medida foi para manter sua saúde mental. Além de excluir o aplicativo do celular, ela passou a senha da conta para um assistente, que era a única pessoa que podia postar.

"Isso se tornou tão desgastante para mim. Eu acordava e dormia para aquilo. Eu era uma viciada, e parecia que estava vendo coisas e eu não queria ver. Como se estivesse colocando coisas na minha cabeça pelas quais eu não queria me preocupar", revelou Gomez.

O fluxo de postagens e interações de Selena na rede social diminuiu, mas ela se diz um pouco mais aliviada. "Eu sempre acabo me sentindo mal quando eu olho o Instagram. E é por isso que eu estou meio sob o radar, me fazendo um pouco de fantasma", explicou.

 

A bela nadadora russa que entrou em crise por causa do vício em rede socialSelena Gomez - foto Instagram

 

Agora é uma russa que veio a público falar sobre um drama parecido. A bela nadadora de sincronizado Varvara Subbotina revelou que o seu vício em mídia social é tão forte que ela "fica instável" quando está sem o celular.

"Posso honestamente admitir que sou viciada em Instagram", disse Subbotina. "Se eu não tenho um celular em minhas mãos e não consigo rolar pelas postagens de mídia social, fico trêmula", prosseguiu.

Antes de entrar na piscina para treinos ou competições, Varvara explica que estava sempre agarrada com um telefone. O mesmo acontecia assim que ela saia da água. A situação chegou a tal ponto que a treinadora de Subbotina começou a interferir na vida da pupila.

"A Tatyana Nikolaevna (treinadora da equipe da Rússia de nado sincronizada) não usa redes sociais, mas é constantemente informada sobre o que estamos compartilhando por lá", explicou.

Duas vezes campeã mundial e bicampeã europeia, a nadadora de apenas 18 anos é considerada uma das mais talentosas da Rússia, e como o "vício doentio" estava afetando seus treinamentos ela acabou "proibida" de usar o Instagram por um tempo.

"No ano passado, minha treinadora me disse que eu precisava de uma pausa no Instagram, porque tinha um vício doentio que consumia muita energia de mim. Fui proibida de compartilhar fotos. Mais tarde, concordamos que dependeria dos meus resultados: se eu tiver um bom desempenho, posso fazer uma postagem no Instagram", revelou Subbotina.

A nadadora, que tem quase 33 milhões de seguidores e já fez mais de mil postagens, também contou que Tatyana Nikolaevna pediu para ela ser "mais modesta" ao compartilhar fotos. A treinadora considerou que algumas imagens eram muito "reveladoras".

 

A bela nadadora russa que entrou em crise por causa do vício em rede social

 

A bela nadadora russa que entrou em crise por causa do vício em rede social

Fotos Instagram
Veja também

Olá, deixe seu comentário para A bela nadadora russa que entrou em crise por causa do vício em rede social

Enviando Comentário Fechar :/