Se você assistir ao vídeo, vai achar que está vendo um filme de ficção

O dia 2 setembro de 2019 entrou para a história. Pela primeira vez, desde que o homem inventou o automóvel, um veículo homologado para andar nas ruas se aproximou dos 500 km/h.

O feito aconteceu na pista de testes da Volkswagen (grupo detentor da Bugatti). A estrada na Alemanha conhecida como Ehra-Lessien tem longas retas e um asfalto perfeito.

A preparação de um Chiron que passasse das 300 milhas por hora também precisou ser especial. Durante seis meses, a Bugatti trabalhou em segredo no projeto com a ajuda de duas grandes parceiras.

A Dallara, uma especialista em suspensão e chassi, ajudou a "esticar" em 25 centímetros o comprimento do carro. A traseira alongada aumentou o efeito aerodinâmico para reduzir a pressão do ar sobre a carroceria, enquanto a Michelin projetou compostos especiais de pneus para a super velocidade.

Com tração integral permanente nas quatro rodas, o motor W16 8.0 quadriturbo de 1.500 cv ganhou mais 78 cavalos de potência. O câmbio de sete marchas e dupla embreagem também sofreu modificação.

No interior, para aumentar a proteção do piloto, foi instalada uma gaiola. O banco do carona precisou ser ocupado por computadores de medição. Para compensar o peso adicional, alguns itens internos foram retirados.

O plioto de testes Andy Wallace foi o escalado pela Bugatti para acelerar ao máximo. No ponto de maior velocidade o Chiron alcançou 490,48 km/h (confira o vídeo no alto da página). O novo recorde foi homologado pela Associação de Inspeção Técnica da Alemanha (TUV).

 

 Bugatti bate recorde de velocidade com um carro a 490km/h



Uma edição especial para comemorar

 

Se os fãs de outras marcas estão preocupados se alguma outra fabricante perdeu a hegemonia, saiba que sim. O recorde de velocidade de carros criados para andar pelas cidades pertencia ao hiperesportivo Agera RS.

Em 2017, na rodovia em Pahrump, no estado de Nevada (EUA), o modelo do fabricante sueco Koenigsegg de 1.360 cv e 139,8 kgfm atingiu a incrível velocidade de 457,49 km/h.

Especula-se no meio automobilístico que agora a Bugatti estaria pensando em criar uma edição comemorativa do Chrion Super Sport. O modelo teria as cores preta e laranja.

O certo é que a marca francesa garante ter encerrado a corrida pelos recordes. Em uma entrevista ao programa britânico Top Gear, o presidente da Bugatti, Stephan Winkelmann, disse que esta foi a última experiência da montadora com velocidades surreais.

"Mostramos várias vezes que construímos os carros mais rápidos do mundo. No futuro, focaremos em outras áreas", disse Winkelmann.

A Bugatti dedicou o recorde a Ferdinand Piëch, ex-presidente da Volkswagen, que morreu na última semana aos 82 anos. Piëch foi o responsável pela aquisição da Bugatti pelo Grupo VW.

 

 Bugatti bate recorde de velocidade com um carro a 490km/h

 

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Bugatti bate recorde de velocidade com um carro a 490km/h

Enviando Comentário Fechar :/