Foi a segunda vez que o bilionário abriu a carteira para fazer uma "generosa" doação
Dono da Amazon doa 400 milhões para moradores de rua

Enquanto nas últimas duas semanas os sites da Forbes e da Bloomberg usavam a régua de fortunas para ver quem é o homem mais rico do mundo, Jeff Bezos mostrou que não parece nem um pouco preocupado com essa estatística. O dono da Amazon mandou distribuir US$ 98,5 milhões (cerca de R$ 400 milhões) a instituições de 23 estados americanos que assistem a moradores de rua.

A fundação Bezos Day One foi encarregado de passar a quantia para 32 organizações assistenciais que trabalham com foco no perfil de famílias sem-teto dos EUA.

As entidades foram escolhidas "pelo trabalho significato e de grande impacto para fornecer abrigo e apoio a famílias jovens em comunidades de todo o país", segundo comunicado da fundação. O valor destinado a cada instituição será de US$ 1,25 milhão a US$ 5,5 milhões.

 

Jeff, o primeiro ou o segundo?

 

Os sites da Bloomberg e da Forbes têm formas diferentes de atualização da relação das pessoas mais ricas do planeta. A Bloomberg revisa sua lista diariamente após o fechamento dos mercados nos EUA, enquanto a Forbes divulga um ranking anual.

Atualmente, as duas empresas têm apresentado divergências. Ao termina da primeira quinzena de novembro, a Bloomberg trouxe uma relação atualizada que apontava Bill Gates, o criador da Microsoft, em primeiro lugar. Há quase dois anos esse posto pertencia a Jeff Bezos.

O que teria levado os dois magnatas a trocarem de posição seria a queda nas ações da Amazon, que no terceiro trimestre apresentou um rendimento aquém do esperado. Enquanto Jeff anda "perdendo" dinheiro, Gates está em alta. Em outubro, a Microsoft fechou um contrato de US$ 10 bilhões com o Pentágono para serviços de computação de nuvem. De acordo com a Bloomberg, Bezos teria atualmente US$ 110 bilhões, enquanto o CEO da Amazon é dono de US$ 108,7 bilhões.

Mas na lista da Forbes de 2019, divulgado em outubro desse ano, Bezos continua em primeiro com uma fortuna de US$ 114 bilhões. Bill Gates apareceu em segundo com um patrimônio líquido de US$ 106 bilhões.

 

As fundações de Bezos e Gates

 

Não é de hoje que Bill Gates pratica ações de filantropia. A fundação "Bill & Melinda Gates" já doou 45,5 bilhões de dólares desde 1994. No ano passado, os Gates entregaram 138 milhões de dólares em projetos assistenciais.

Bezos criou a fundação dele em 2018, e pelo segundo ano consecutivo faz doações milionárias. No ano passado, o CEO da Amazon mandou distribuir US$ 97,5 milhões para 24 organizações assistenciais americanas.

Mas o casal Bezos aderiu à filantropia bem antes de ter sua a própria fundação. Desde 2012, Jeff e sua ex-esposa Mackenzie doaram quase US$ 100 milhões para diferentes causas.

Quando anunciou o lançamento da Bezos Day One Fund, no dia 13 de setembro de 2018, o bilionário afirmou que estava em seus planos destinar US$ 2 bilhões (R$ 8 bilhões) para a criação de uma rede de pré-escolas sem fins lucrativos em comunidades carentes e no auxílio de famílias desabrigadas.

Jeff escreveu em um tuíte que a fundação premiaria anualmente organizações que prestam auxílio a famílias sem moradia. "Se nossos bisnetos não tiverem vidas melhores que as nossas, alguma coisa deu muito errado. Usaremos o mesmo conjunto de princípios que impulsionaram a Amazon. O mais importante entre eles será a genuína e intensa obsessão pelo cliente. A criança será o cliente", explicou.

O nome da fundação "Day One" ("dia um", em tradução literal para o português) é uma alusão ao mantra de Bezos na sua empresa. O empreendedor acredita que seus funcionários devem encarar todos os dias de trabalho como se fosse o primeiro.

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Dono da Amazon doa 400 milhões para moradores de rua

Enviando Comentário Fechar :/