Ao arder em brasa o antigo palácio Imperial, o Brasil acordou tarde para salvar o maior patrimônio da nossa história
Incêndio Museu Nacional, descaso e cinzas da nossa história

No domingo 2 de agosto, logo após o impacto das imagens do incêndio no Museu Nacional do Rio de Janeiro, o brasileiro começou a exercitar um de seus esportes preferidos: encontrar um culpado para aquela tragédia.

Isso está entranhado na nossa alma. As pessoas buscam com lupas, microscópios, telescópios, lunetas ou com qualquer outra lente de aumento a oportunidade de enxergar uma realidade que julgávamos camuflada.

No mundo moderno, com o acesso a tantos meios de informação, essa tarefa se tornou ainda mais fácil. Sem se importar com a sua incapacidade de opinar ou analisar sobre um determinado fato por falta de conhecimento, muita gente se arrisca assim mesmo e sai por aí defendendo suas teorias. É o que chamamos de "especulação".

Um exercício que, mesmo atabalhoado, nos ajuda em muito a tentar criar uma sociedade mais séria e organizada. Apesar de não ser a forma correta, especular tem um ponto positivo: enquanto se busca compreender minimamente um acontecimento para depois abrir a boca ou correr para as redes sociais, o cidadão está se politizando. Pena que a gente faça isso na maioria das vezes só diante de tragédias.

Já os analistas das mais diversas gestões de crise ganham preciosos minutos na mídia para mostrarem suas capacidades apresentando prováveis causas e como podemos evitar muitas catástrofes.

Para os jornalistas é uma ótima oportunidade de se fazer um jornalismo investigativo. Aquela sujeira que era varrida para baixo do tapete é descoberta e um ventilador gigante levanta tudo para os ares.

O site Antagonista trouxe na terça-feira, dia 4 de setembro, alguns absurdos que ocorrerem recentemente no Museu com o seguinte texto:

"Fotos obtidas por O Antagonista e que integram denúncia feita ao MPF no mês passado evidenciavam o risco iminente de uma tragédia no Museu Nacional.

São imagens revoltantes: um frigobar vazio e ligado na tomada no quarto que foi de D. João VI, fios remendados e tomadas improvisadas, entulho, além de portas e vitrais quebrados, muitas infiltrações."

Mas será que esta porcariada estava mesmo tão bem guardada ou nós é que estamos desviando os nossos olhos do óbvio?! É assim há décadas e tem sido desde o século passado.

As tragédias quase sempre apenas escancaram os erros absurdos de administrações, governanças, contratações, uso de dinheiro público de maneira irresponsável e por vezes até criminosa, um mundaréu de irregularidades.

Haja bombeiro na política para apagar agora todo o incêndio dos desmandos que levaram a memória nacional de duzentos anos, e porque não dizer também mundial,
guardada em um palácio que beirava o abandono, virar pó por causa do pouco caso das nossas autoridades.

Que os verdadeiros culpados também virem cinza na administração pública brasileira. E que a gente saiba votar com racionalidade, sem nenhuma paixão, mas baseado no que cada um desses candidatos já foi na vida e o que eles têm realmente a nos oferecer. Caso contrário, nos próximos quatro anos vamos correr o mesmo risco como vivia o Museu Nacional do Rio até virar ruínas.

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Incêndio Museu Nacional, descaso e cinzas da nossa história

Já temos 6 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Cláudia Romualdo

Cláudia Romualdo

Gostei da sua crítica em relação ao momento que vivemos! Tomara que tenhamos aprendido com tudo de ruim que nosso país já passou até aqui e que melhoremos nossas escolhas por gestores públicos mais comprometidos com a eficiência e competentes no que fazem!
★★★★★DIA 10.09.18 17h33RESPONDER
Guilherme Mendes
Enviando Comentário Fechar :/
Guilherme Mendes

Guilherme Mendes

Obrigado

★★★★★DIA 16.09.18 20h52RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Lis Mendes

Lis Mendes

Parabéns pelo excelente comentário
★★★★★DIA 09.09.18 16h57RESPONDER
Guilherme Mendes
Enviando Comentário Fechar :/
Guilherme Mendes

Guilherme Mendes

Obrigado por prestigiar o blog.

★★★★★DIA 16.09.18 20h55RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Marcia Mendes

Marcia Mendes

Análise perfeita!
★★★★★DIA 08.09.18 18h29RESPONDER
Guilherme Mendes
Enviando Comentário Fechar :/
Guilherme Mendes

Guilherme Mendes

Obrigado por ter visitado o blog e deixado seu comentário

★★★★★DIA 16.09.18 20h55RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/