A maior estrela do Brasil saiu de cena antes mesmo de estrear na competição
Não era para ser a Copa América de Neymar

A pouco mais de uma semana da abertura da Copa América, a seleção brasileira ficou sem seu grande astro. O craque do PSG foi cortado por causa de uma nova contusão no tornozelo. A imagem da entrada do jogador catariano no craque da seleção canarinho foi mesmo de impressionar. Um lance duro por baixo. 

Felizmente, dessa vez Neymar não sofreu nenhuma fratura, mas a torção provocou o rompimento de ligamentos, o que vai exigir um tempo considerável para a recuperação plena. Sem o camisa 10 a seleção perde seu maior talento em termos de qualidade técnica, e a Copa América uma de suas maiores vedetes. 

Messi, Suárez e Cavani passam a ser as maiores atrações. 

A contusão coloca fim também a polêmica se Neymar deveria ou não continuar junto com a seleção depois do episódio com a garota Najila de Souza, em Paris. A jovem acusa o jogador de estupro. Ele garante que não houve abuso físico. Como o caso está na polícia sob investigação, o que resta é aguardar o resultado final do inquérito. 

Neymar foi embora sem jogar um minuto sequer na Copa América, o que deve fazer a torcida perder boa parte do interesse nos jogos. Goste você ou não do craque, é inegável que ele arrasta milhares de pessoas para os estádios e joga a audiência das transmissões de TV para cima. Não é à toa que o brasileiro recebe o segundo maior salário do futebol mundial. 

Mas, por outro lado, a nova contusão pode ter vindo em boa hora. Desde que se tornou público o problema de Neymar com Najila não se falava em outra coisa no ambiente da seleção. Até polícia apareceu na Granja Comary. 

Na terça-feira, véspera do amistoso contra o Catar, o vice-presidente da CBF Francisco Noveletto chegou a dar entrevista dizendo que acreditava que o camisa 10 não teria condições psicológicas para disputar a Copa América. Na reportagem exibida pelo SBT, Noveletto afirmou que Neymar "já deixou a desejar na Copa do Mundo" e que um novo vídeo sobre a confusão com Najila deve piorar ainda mais as acusações sobre Neymar. 

O dirigente não teve nenhum receio em dar a opinião pessoal sobre a saída do jogador da Copa. Veja algumas declarações de Noveletto:

- Se o Neymar vier, é capaz de o Brasil não chegar. Eu conheço a imprensa. A imprensa vai pegar no pé. E tem muito mais coisa para aparecer. Um amigo meu do Rio de Janeiro disse que tem mais um vídeo para ser jogado na rua. Se eu sou o Neymar...

- Veja, se eu tivesse que apostar, se eu tenho 10 fichas e me perguntassem no que eu apostaria? Aposto que ele não virá e que ele pedirá licença. Ele não tem condições psicológicas para enfrentar uma Copa América e um batalhão de jornalistas...

 

A imagem arranhada

 

Não foi só a chance de ser campeão com a seleção brasileira a única perda de Neymar nesse momento. Horas depois de ser cortado pela equipe médica do Brasil, o jogador tomou conhecimento que a operadora de cartão de crédito Mastercard suspendeu as ações de marketing em que ele aparecia relativas à Copa América. O motivo seria a acusação de estupro que pesa contra o ídolo.

 De acordo com a empresa, as ações estão suspensas "até que o assunto seja resolvido".

 “Nós temos uma série de ativações de marketing planejadas para o decorrer do campeonato que são focadas em promover o uso do pagamento por aproximação. Nós tomamos a decisão de parar aquelas ativações que incluem o embaixador da marca até que o assunto seja resolvido”, afirmou a Mastercard em nota.

 

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Não era para ser a Copa América de Neymar

Já temos 1 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Vitor Veras

Vitor Veras

GM, em 2013 Brasil foi campeão da copa das confederações juntamente com o Neymar no brasil.
★★★★★DIA 06.06.19 14h15RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/