O doidão deu o maior trabalho a tripulação de um voo nos Estados Unidos
Passageiro cheira coca e fuma maconha a bordo, e avião tem que fazer pouso de emergência

O avião da companhia American Airlines decolou do aeroporto de Phoenix. O voo AA2408 tinha como destino Minneapolis. Uma hora depois de iniciar a viagem um passageiro começou a zorra dentro da aeronave.

Primeiro ele saiu dizendo para as pessoas que estavam a bordo que havia consumido cocaína. Em seguida, o cidadão se dirigiu ao banheiro falando que iria acender um baseado.

Logo o cheiro da erva começou a exalar da cabine do wc. O avião foi parcialmente tomado pelo aroma da marijuana.

Assustados, os outros passageiros pediram que os comissários tomassem providências. Durante dez minutos os funcionários da American Airlines fizeram em vão vários esforços para o homem sair do banheiro.

Com o impasse, o comandante decidiu interromper o voo e fazer um pouso de emergência em Denver. O piloto justificou o desvio na rota por causa de um "passageiro perturbador", e que se tratava de uma "questão de segurança" urgente a bordo.

Cinco minutos antes do avião tocar o solo, o homem finalmente deixou o banheiro e retornou a seu assento. Segundo os passageiros, ele demonstrava um comportamento anormal e estava "muito irritado".

Assim que as portas da aeronave foram abertas, policiais entraram acompanhados de uma equipe médica. Nesse momento o homem acendeu mais um cigarro de cannabis.

Através do serviço de som, o piloto pediu aos passageiros das treze primeiras fileiras que saíssem do avião para que o drogado pudesse ser retirado. O homem, que estava exaltado, ainda agrediu uma pessoa antes de ser removido.

Ao ser contido por agentes e paramédicos, ele fez ainda diversas ameaças. "Tire isso, dói. Eu vou te matar!", disse depois de ser algemado pela polícia no chão, de acordo com o site TMZ.

Ainda segundo a imprensa local, o passageiro foi amarrado a uma maca e levado para o hospital. O Departamento de Polícia de Denver explicou à TMZ que o homem não foi preso ou indiciado pelo distúrbio, e que o problema era "relacionado a médicos", mas não deixou claro se ele será acusado de algo pelo incidente.

A American Airlines disse em comunicado que o voo prosseguiu normalmente. A companhia também agradeceu à tripulação por cuidar dos demais passageiros durante a confusão.

Nos Estados Unidos, assim como no Brasil, não é permitido fumar a bordo, incluindo o uso de cigarros eletrônicos. As normas governamentais são exibidas em um vídeo de segurança da American, que é transmitido a todos os passageiros.

 

* a foto da capa é meramente ilustrativa 

 

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Passageiro cheira coca e fuma maconha a bordo, e avião tem que fazer pouso de emergência

Enviando Comentário Fechar :/