Uma das tragédias mais chocantes da humanidade completou 18 anos nessa quarta-feira
Restos mortais de bombeiro que morreu no 11 de setembro foram enterrados agora

Se não bastassem as cicatrizes que nem o tempo consegue apagar, a família do bombeiro Michael Haub ainda foi obrigada a passar novamente pelo doloroso processo de ter que sepultar restos mortais. Isso, dezoito anos após a queda das Torres Gêmeas.

O enterro aconteceu ontem em Long Island. Estavam presentes a mulher e os dois filhos do casal. Em 2002, a família já tinha passado por uma situação idêntica quando os legistas fizeram o reconhecimento de partes do corpo de Haub.

Os restos mortais de Michael foram encontrados nos destroços do saguão da Torre Sul, quase seis meses após o ataque, informou a Associação Uniforme de Bombeiros.

A primeira cerimônia foi acompanhada pelo então prefeito Michael Bloomberg e pelo comissário de incêndio Nicholas Scoppetta.

O novo trabalho de identificação de restos mortais do bombeiro foi concluído pelo consultório médico legista da cidade de Nova York na última quinta-feira, segundo a CNN.

Em nota, a associação dos bombeiros diz que a identificação traz tranquilidade aos familiares. "Nós nos recordamos dele e de outros 342 que morreram nesse dia fatídico, e sempre estaremos agradecidos pela coragem que eles demonstraram", publicou a associação.

 

Restos mortais de bombeiro que morreu no 11 de setembro foram enterrados agora

 

Uma carreira determinada

 

Michael Haub trabalhou treze anos na corporação. No começo ele serviu como bombeiro em liberdade condicional durante um período de três anos, segundo o New York Daily News.

Depois Haub atuou como chefe do departamento de bombeiros voluntários de Roslyn Heights Highlands, antes de se tornar um oficial da cidade de Nova York.

Ele tinha 34 anos e naquela manhã estava terminando seu turno na Ladder Company 4, no centro de Manhattan, quando recebeu a ligação sobre os ataques. Michael correu para responder ao chamado.

Haub era casado e tinha dois filhos, um bebê com apenas 16 meses chamado Kiersten, e um menino de 3 anos, também com o nome de Michael.

A esposa Érika se casou novamente anos mais tarde. Em 2011, no 10º aniversário dos ataques de 11 de setembro, ela foi entrevistada pelo Newsday e disse que sempre amaria o marido, embora fosse obrigada ouvir comentários que havia "mudado".

"Eu não estou seguindo em frente, estou vivendo", disse ela ao site.

"Estamos aqui para viver, não para morrer, então eu aproveito minha vida.  Mas é muito doloroso, especialmente criar dois filhos que perderam o pai, principalmente dessa maneira", concluiu.

 

O reconhecimento de mais corpos

 

A identificação de restos mortais das pessoas que morreram nos ataques de 11 de setembro continua sendo realizada ainda hoje. Em julho, um médico legista de Nova York identificou sua 1.644ª vítima, segundo informou a NBC New York. Era uma mulher.

Um mês antes outro homem também teve a identidade confirmada.

Os ataques coordenados às Torres Gêmeas e ao Pentágono aconteceram na manhã do dia 11 de setembro de 2001. Os dois aviões que atingiram os prédios do World Trade Center mataram 2.753 pessoas, incluindo os passageiros e 19 sequestradores.

As baixas entre os socorristas foram gigantescas. Segundo dados oficiais, 342 bombeiros morreram durante o resgate as vítimas após os ataques. Cerca de 200 faleceram ainda em decorrência de doenças adquiridas naquela ocasião, como diferentes tipos de câncer.

Até hoje, somente 60% de todas as pessoas que morreram no local tiveram os corpos identificados.

Na semana passada, depois de longas discussões jurídicas sobre como as confissões do mentor dos ataques foi obtida, a Suprema Corte dos Estados Unidos finalmente aceitou que Khalid Sheikh Mohammad seja julgado.

Caberá a um tribunal militar de Guantánamo, no dia 11 de janeiro de 2021, julgar a responsabilidade de Mohammad e mais quatro réus no planejamento e organização dos atentados.

 

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Restos mortais de bombeiro que morreu no 11 de setembro foram enterrados agora

Enviando Comentário Fechar :/